Como frequentar eventos

Interessante pensar que nem sempre estarmos presentes a um evento significa, aos olhos dos organizadores e patrocinadores, o fato de sermos presenças marcantes. Parece complicado, mas não é.

Vamos às regras básicas para este e qualquer outro evento: ao receber o convite, fique atento ao dia, horário e local da festa; caso estejam presentes aquelas quatro famosas letrinhas R.S.V.P. – “Répondez s’il vous plaît” (uma sigla em francês que pede a confirmação de sua presença), não deixe de fazê-lo. Caso não possa ir, avise da mesma forma. É uma maneira que os anfitriões têm de estimar o número de pessoas que estarão presentes.

O horário do início do evento não foi colocado ali apenas por enfeite: “20hs”, por exemplo, permite a chegada até às 20h30, OK? Vamos eliminar o tal “Dar uma passadinha”? É de mau gosto e sempre está fora do relógio (não do seu, mas dos organizadores do evento). Não tente ser múltiplo, seja único.

Jamais leve acompanhantes além dos inclusos no convite, ou seja, Senhor e Senhora Fulano de Tal é extenso apenas ao casal. Senhor Fulano de Tal e Família compreende as filhas e filhos que residam com o casal, sem namorados ou afins incluídos. Tente compreender o entendimento do organizador do evento. Por exemplo: esperam-se 100 pessoas, porém, com seus acompanhantes, as presenças podem totalizar 300! Isto estoura qualquer planejamento… e orçamento.

Caso não tenha nenhuma citação explícita do número de pessoas incluídas neste convite, lembre-se: você e um acompanhante, nada mais. Eu não acredito muito em convites individuais, e assim como eu, hoje os grandes “promoters” do País enviam convites que sempre valem, como eu disse, para você e mais uma pessoa.

Mais detalhes: caso existam lugares marcados, nada de reclamar daquela mesa na segunda ou terceira fileira. A distribuição foi feita pelos organizadores, sejam eles os anfitriões ou profissionais contratados para tal. Fique feliz com o que lhe foi destinado. Quantos não foram convidados?!

Se o convite especificar traje, procure manter-se dentro dele. Querer chamar atenção por originalidade e extravagância costuma, na maioria das vezes, ser um mergulho de cabeça no ridículo: evite!

Circule pela festa, e procure conhecer pessoas novas. A troca de idéias é uma das melhores situações nos encontros sociais. Agora, saiba conversar de forma a não impor seus conceitos ou valores. Procure equilibrar a proporção entre ouvir e falar. Em caso de dúvida, ouça mais do que fale. Respeitar diferentes opiniões é um passo fundamental para ser alguém agradável e, mais que isso, indispensável para próximos acontecimentos sociais.

Jamais peça algo fora do oferecido. É de mau gosto e, muitas vezes, impossível. Não importa o nível de elegância do local, é um evento contratado, e cardápio + opções já estão definidos.

Sirva-se do que for oferecido para comer de maneira satisfatória. Mas “tirar a barriga da miséria” é imperdoável! Não se pode esquecer o pior: bêbado de festa. Ninguém quer por perto, e tenha certeza – jamais será convidado novamente.

David Copperfield também pode vir a ser uma figura contratada. E será muito cara, ou seja, não há mágica grátis. Aliás, reclamar ou criticar as atrações oferecidas é extremamente perigoso. Até os copos têm ouvidos… Acreditem !

O horário de saída, que em geral não está estipulado no convite, também deve ser alvo de atenção. Os últimos serão os primeiros… apenas nos ditos populares. Chegar no horário correto, e sair enquanto ainda há animação e quantidade de pessoas presentes adequada, também é prova de elegância. E aí a regra é o bom senso.

Não queira ser o último a deixar um evento. Portanto, chegue dentro do horário sugerido, desfrute ao máximo estes momentos agradáveis, mas perceba que o fim da festa cabe aos anfitriões e pessoas contratadas para garantir o seu sucesso. A finalização de um evento exige um trabalho operacional muito sério e minucioso. Nada mais abominável do que o eterno último a sair, o verdadeiro pesadelo dos organizadores de eventos.

Se houver algum brinde ou souvenir, é um por pessoa. (Muitas vezes destinado apenas às mulheres, o que me parece absolutamente injusto, mas…) Tudo combinado? Espero que assim desfrutem mais dos eventos.

O mais importante: não vá esquecer em casa de duas coisas fundamentais para o sucesso da sua e da noite de todos. Sorriso franco e sincero nos lábios, e disposição bem humorada para aproveitar o melhor da festa.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desenvolvido por: