Primavera à mesa

A primavera chegando e com ela as flores e a profusão de cores vibrantes.

Os encontros “au tour de la table” ficam mais alegres após o período de frio, quando apenas uma sopa bem quentinha pode nos confortar.

Pensar em receber família ou amigos para uma refeição, deve ser um gesto de carinho e cheio de atenções.

Após a lista dos convidados, vamos pensar no cardápio, que deve ser adequado aos comensais.

Afinal, nada de servir um steak mal passado à um vegetariano, não é? Aliás, nem se fosse bem passado!

Comidas exóticas, só devem ser servidas para iniciados no assunto, e de preferência com o aviso prévio. Muito simpático ao fazer o convite, questionar o amigo se ele gostaria de provar o porquinho da Índia, que o seu fornecedor especial acabou de receber.

Pensar naquele casal que não gosta de bebidas alcoólicas.

E… se puder se lembrar que aquela sua amiga querida a d o r a creme de papaya com cassis……….

Uma vez os cuidados com a lista de convidados – não colocar jamais à mesma mesa pessoas que não se relacionam bem – e o cardápio elaborado, vamos cuidar do visual do nosso jantar!!!!!!!!!

Pense num espetáculo do Folies Bergère…….

A louça faz o papel das vedetes, os cristais são os músicos e os talheres a orquestra. Que show!!!

Não se deve elaborar o cardápio, sem levar em conta onde e como vamos servir determinado prato.

Aqui é que entra a sua criatividade!

O tão clássico e delicioso cocktail de camarão, fica destruído se servido numa cumbuquinha de louça.

Nem por isso você vai deixar de serví-lo por não ter as clássicas taças com o compartimento para gelo moído.

Uma elegante taça de dry martini cumpre lindamente essa função.

Tirar a comida do plano baixo da mesa é tão importante, que os grandes “Chefs de Cuisine” já há algum tempo fazem verdadeiras construções – ou empilhamentos – para melhor apresentar seus pratos. Além de valorizar a beleza da sua louça.

Muito importante pensar nas cores.

Você já parou para pensar por que classicamente a feijoada é servida em panelas de barro marrons?

É servida em panelas para que a feijoada se mantenha quente por mais tempo e a cor marron, é para não dar ênfase aos pingos e bordas manchadas de caldo de feijão. Tem lógica, não?

Pages: 1 2

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desenvolvido por: