Jantar Romântico

No mês de Junho o clima dos namorados toma conta da atmosfera. Todos se preocupam com o que presentear e aqueles que neste ano estão desacompanhados ficam a pensar no par ideal para passar a próxima comemoração. Mas como comemorar é a maior questão. Os lugares ficam lotados e o prazer de degustar um delicioso jantar num restaurante aconchegante pode, e vai, se transformar num pesadelo de espera e quase com certeza absoluta, serviço precário.

Fica a sugestão de organizar um romântico encontro na casa de um dos dois, até como forma de se presentearem, que pode ser preparado a duas ou quatro mãos. Ou ainda, se as habilidades culinárias não são o forte do casal, sempre se pode comprar tudo pronto e apenas aquecer ou acrescentar um toque especial de um dos mestres-cuca de plantão.

O que realmente faz toda a diferença é o carinho colocado na preparação deste cenário, na elaboração do decór, que pode se estender por todo o local, com direito a toques especiais no quarto ou banheiro, que deixo por conta da imaginação apaixonada da dupla, e a montagem de uma mesa com detalhes, que fazem o todo e demonstram que carinho é sinônimo de cuidado e dedicação.

Na hora de começar a arrumar a boa sugestão é a disposição vis-à-vis, frente a frente, pois facilita o contato visual, torna a conversa mais agradável e previne um baita torcicolo. Nada de arranjos de flores ou velas muito altos, no meio dos dois, que dificulta a conversação. Optei por dois pequenos corações em vela no centro do prato, iluminando este romance, para iniciar e um belo arranjo maior ao fundo, que pode ter sido um presente de um de vocês, numa mesa de apoio com o espumante. Aliás rosé, suave, romântico e com uma cor especial, servidos em taças de familia…

Além destas misturei as cores das taças de água, e acredite, misturar jogos de louças e copos é bem legal, e resolve o problema dos incompletos. Sobre um jogo americano de palha sintética dourada, uma louça descontraída em tons de verde, prato principal e de pão. Atenção para o cuidado de arrumar o pão e enfeitar com uma pimenta biquinho. Viva aos pequenos gestos.

À frente temos duas peçinhas especiais em faiança, com um creme de tomate e colheres de osso compradas em feira de artesanato pelo Brasil.
Os talheres com cabo de madeira complementam o clima informal, mas bastante elegante. Para arrematar uma discreta peça em vidro com uvas para degustar como quiser e o grande charme, porta guardanapos de acrílico, comprados no bairro da Liberdade, abraçando guardanapos em tom de verde, para combinar com a louça, impecavelmente passados – capricho é tudo – que tem um furinho para colocar uma pequena flor. Que delicado, original e muito charmoso.

Por mais que serão apenas dois os convidados para esta noite memorável, eis os placement, marcadores de lugar, indicando os tronos do rei e da rainha deste momento mágico.

Acrescentar um pouco de sonho ao cotidiano é o que quebra a rotina e imprime paixão e poesia ao contexto. Bem como se espera de uma noite dos apaixonados…

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desenvolvido por: